quarta-feira, março 31, 2004

A VIDA É ILUMINADA POR MUITOS SORRISOS

A VIDA É ILUMINADA POR MUITOS SORRISOS
E ASSOMBRADA POR ALGUMAS TRISTEZAS
LOUVEMOS OS GRANDES SONHADORES
QUE BUSCAM INCANSAVELMENTE OS SONHOS
TENTAM DESTA FORMA ENGANAR A REALIDADE
DESTE MUNDO AMARGO E CRUEL.

VAMOS VIVER AO MÁXIMO AS COISAS BOAS
LUTEMOS ATÉ AO FIM CONTRA AS MÁS
ESTE É O NOSSO ETERNO DESTINO
SÓ ASSIM PODEREMOS SOBREVIVER.

Nuno Serrano

terça-feira, março 30, 2004

A VIDA É BELA

A vida é bela
É totalmente verdade
Mas como seria a vida
Sem o Amor?

A resposta é difícil
Eu bem sei
Mas não é impossível.

Por isso me atrevo
A afirmar com convicção
Que não haveria vida
Sem um grande amor.

A beleza da vida
Baseia-se no encanto
Do maravilhoso amor
Falso e Verdadeiro
Mas sempre inevitável.

Perdoem-me, por favor
Se estou enganado
Mas não sou infalível
Apenas estou apaixonado.

Nuno Serrano

segunda-feira, março 29, 2004

A UM PASSO DE DISTÂNCIA DO AMOR

A um passo de distância do amor
A vida inteira perde o sentido
Frente a frente, aguardo o beijo prometido
Meu coração sente o teu bater em queimor.

A um passo de distância de ti
Olho-te nos olhos e não te vejo
Teu corpo ardente não sinto mas desejo
Tua boca... (sorriso lindo guardado em mim!).

A um passo de distância da felicidade
É proibido conhecer-te e amar
E nosso abraço é ilusão sem verdade.

Esse muro faz-nos partir sem voltar
Tua vida nunca foi minha, deixa saudade...
Mas basta-me palmo e meio para esquecer sem chorar.

Ana Ramos

domingo, março 28, 2004

A Última Dança

Seu perfume mudou, está mais cítrico
Reflexo involuntário (ou não) do tempo.
Sua leveza ao dançar ainda me fascina,
Me faz deslizar e sonhar...
Traz a tona tantas noites
Com você feliz em meus braços
Em ritmos diferentes
Todos executados com a mesma performance
O ar é quase palpável , denso
A música abafa as batidas do meu coração
Os passos parecem ensaiados
Tudo parece tão perfeito
Onde nós nos perdemos?
Em que ponto saímos do tom?
ou mesmo erramos a coreografia?
Onde? Como? Por quê?
Perguntas se desfazem como nuvens
Respostas que se calam
A música está acabando
Você vai embora
O sorriso que era de "até logo"
Agora é de adeus
As despedidas são silenciosas
Mas isso não as torna menos dolorosas
As mãos que se afastam não querendo se afastar
Dizem mil coisas num suave toque
As lágrimas se fundem com a chuva
O vento parece gritar ás arvores
A orquestra para
Você sai sem olhar para trás
Leva com você meu coração
Minha vida, minha alma
Sempre haverá outras danças
Mas sem você , minha partner
Será apenas um "sacudir" de corpos
Você leva a música , fica o som vazio ...
Gritos do silêncio que insistem a ecoar
Sem fim
A noite acabou e eu quero fugir
Mas não tenho para onde
É impossível se esconder de si mesmo

Leonardo André

sábado, março 27, 2004

A Sentença

Meu coração luta contra meu corpo
Minha mente é o juiz
Meu corpo diz o que precisa
Meu coração diz o que eu quis
Minha cabeça diz pra eu me afastar
Meu coração sofre com a dor
Meu corpo segue o mar
Meu coração segue o amor
Os jurados são a consciência e o espírito
Meu corpo pensa em suicídio
Os jurados não conseguem ver
Que meu coração quer você
E digo uma última palavra
E uma lágrima explode no chão
E minha mente condena meu corpo
Mas quem perde é o coração
Meu corpo seguiu o extinto
Meu coração seguiu a paixão
Minha alma diz o que sinto
E minha mente declara solidão

Líla

sexta-feira, março 26, 2004

A Procura do Poeta

Sentindo Boros, envolvendo-o ...
Ouvindo o som do mundo, preenchendo-o
O poeta busca; procura incessantemente!

Desespera! Pois porque não encontra!?
Onde mais pode procurar?
Na sua alma? No seu coração? No seu pensar?

Em tudo procurou e está louco!
Desespero corre-lhe nas veias!
Porque não vem a inspiração e as linhas saem feias?

O desespero ganha forma, linhas
A loucura torna-se insanidade!
E porquê? Onde está a verdade?

Pois louco é, mas não poeta
Porque a inspiração não é uma porta aberta;
Não se procura, encontra-se!

Levanta-te! Abre teus olhos!
Não esses, poeta cego! Os da alma!
Pois são esses que a encontram!

Ergue-te! Pára de procurar...
Sente e pára de racionalizar!
E, se és poeta... vais encontra-la!

David Serrano Sobral

quinta-feira, março 25, 2004

A Inspiração

Queria entender os sentimentos
de todos aqueles que gritam ao vento
que o amor não faz falta
e que aqueles que amam
não sabem viver...

Ainda queria conseguir entender
porque é que as pessoas,
não todas, algumas são boas,
precisam dizer que não amam ninguém
para se sentirem bem...

Mas sinceramente, entender para quê,
eu amo e adoro
sentir que alguém
me ama também.

Madalena Silva

quarta-feira, março 24, 2004

A Gaivota Apaixonada

O horizonte mel,
As águas mansos leitos,
A brisa suave carícia...
Quando o sol se põe no mar
E as gaivotas tornam a na areia pousar.

Rainhas da praia,
Quando a noite chega
Quando o dia parte;
São rainhas do reino branco e mágico,
Senhoras da fusão do mar com a terra.

Passeiam apressadas,
Pelas areias sem fim,
Procurando alimento,
Encontrando sustento.

Mas uma é diferente;
Imponente e de peito feito,
Olha o mar sem fim
Tudo cheira, tudo sente;
Não é coisa, não é bicho,
É alguém, é gente!

Seu olhar...tamanho sonho,
Tamanha ambição!
Que chegar ao fim do mar,
E mostrar,
O quanto ama o mundo,
O céu, o mar!

Apaixonada pela vida,
Pela aventura, pelo perigo...
Vive cada momento como o último,
Sem medos,
Sem receios.

Vive a vida sem medo dela,
Via sem medo de cair,
Mergulha, sem medo de se afogar
Ama, sem medo de amar;
É livre sem medo de o não ser!
Feliz... porque aprendeu a amar,
Tudo o que a rodeia.

David Serrano Sobral

terça-feira, março 23, 2004

A équação da Vida

Uma vida...
Soma-lhe esperança,
Amor pela bonança,
Fé, crença;
Subtrai-lhe a doença!
Multiplica pela sorte,
Divide pela morte...
Soma-lhe desilusões
Subtrai-lhe mortos corações;
Multiplica pelas boas acções
Divide pelas suas durações...
Uma vida...
A soma...
Subtracção....
Multiplicação...
Divisão!
Uma só vida
Um só coração
Uma só razão!
A soma de muito pouco,
Subtraído por muito...
A multiplicação de quase nada,
Dividido pelo imenso...
O resultado...
Uma vida...
Não é zero...
Mas bem perto fica...

David Serrano Sobral

segunda-feira, março 22, 2004

Amor o que é afinal este sentimento?

Amor o que é afinal este sentimento?
Algo forte e fraco;
Alegre e triste;
Doce e amargo;
Sonho e pesadelo ...

Como me sinto grato por poder dizer que te amo e saber que tu também me amas, é tão bom depois de tantas desilusões sentir esta felicidade dentro de mim. Por vezes chego a pensar que não mereço alguém tão especial na minha vida.
Pensar que um dia tudo pode ter um fim, dói bem fundo, aperta aqui dentro no meu coração. Já não consigo viver longe de ti, cada segundo parece uma eternidade, e como custa quando xega a hora do adeus, preciso do teu corpo como do ar que respiro.
Olho para o meu irmão e nem quero imaginar o que ia ser de mim sem ti. Vou-te amar para sempre e sabes bem disso mor.
Apenas quero agarrar bem forte este sonho e torna-lo numa realidade eterna...

@AMO-TE@

domingo, março 21, 2004

Noite...

A noite, hoje, tem cheiro, sentidos.
Eu poderia ficar assim,
Parado na rotina. Só a noite.

Não ouso macular, não ouso vacilar.
Hoje, a noite é completa
e os buracos estão tapados
(ou tapados estejam meus olhos)

Digo palavras desconexas,
tenho pensamentos sortidos,
e minha alma está diluída nesta plenitude.
Sou parte disso... Sou esta noite!

A noite, hoje, veio forte (e assim segue)
Faz-se grande (e assim envolve)
Está quente e misteriosa
como devem ser todas as boas noites.

Dormir não me importa...
Está completo...
Eu poderia ficar assim...
Como deve ser...
Sou esta noite...


Leonardo de Barros


Como é bom poder estar contigo, nem que seja por pouco tempo. Hoje a noite não devia ter terminado, pois com ela terminou a tua presença junto a mim.
Adorei estar contigo mor, apesar de estares doentinha :(

sábado, março 20, 2004

A alma no coração

Quero acordar nos teus braços e sentir o calor deles ao me envolver
Quero deitar-me no chão sendo tu meu tapete e me aqueceres
Quero abrir os olhos,olhar em redor e vislumbrar a tua presença
Quero despir-me da minha mágoa,
encher-me de ilusão,
deliciar-me com os teus beijos cobertos de paixão
Quero inundar-me de carícias tuas,
num rio onde o seu leito jamais secará
pois é feito de amor
Quero viver da doçura dos teus lábios
porque jamais amargar-se-ão
Quero ouvir o timbre da tua voz
Quero rejeitar tudo...quero amar-te agora e sempre
Quero viver para ti porque TE AMO.

Angell

Hoje acordei com um aperto no peito bem junto ao coração, apetecia-me abraçar-te, sentir teu corpo e teu carinho. Sinto um vazio como se parte de mim estivesse bem longe fisicamente e ao mesmo tempo tão perto do meu pensamento.
Procuro agora essa metade de mim para este aperto terminar e meu coração vibrar novamente.

I MISS YOU...@

sexta-feira, março 19, 2004

Dia do Pai





Hoje é um dia muito especial para uns e muito triste para outros. Especial para quem tem filhos ou para quem tem pai ainda vivo felizmente :) . Triste e doloroso para aqueles a quem a vida pregou a partida de levar o filho ou pai :( .
Mas não podia deixar de te escrever algumas palavras aqui neste meu espaço. Tens muitos defeitos é verdade, mas também ninguém é perfeito. No entanto também tens muitas virtudes impossiveis de ignorar.
Só quero que saibas que és o melhor pai do Mundo e que te amo muito e para sempre.
Adorei almoçar contigo hoje é sempre muito bom aproveitar estes momentos em que podemos estar juntos, ainda mais em dias como este.

quarta-feira, março 17, 2004

Ai!

Ai!
Se Tu soubesses
Como te amo
Como te quero sentir
Perto do meu coração
Não me deixavas
Assim tão sozinho
Na solidão.
Mesmo sabendo
Que não me amas
Não vou desistir
Pois o que sinto
É mais forte que eu.

Não,
Não me negues
Não pode ser
Pois sem ti
Não sou ninguém
Não me abandones
Neste momento
De eterna solidão.

Se tu soubesses
Como te quero
Perto de mim
Para teu cheiro sentir
Teu corpo tocar
E por fim um sim ouvir

segunda-feira, março 15, 2004

26 ANIVERSÁRIO





Pois é já estou a ficar cota como diz alguém :P .
Os anos não perdoam, tem de ser...

quarta-feira, março 10, 2004

1 ANITO E 2 MÊSES...

Hoje encontrei
Uma pequena flor
No meu pequeno
E acolhedor jardim.

Uma flor única
Bela como uma deusa
Brilhante como o sol
Quente como o fogo.

Meiga como uma mãe
Ternorenta e carinhosa
Suave como a seda
Tão tímida e atrevida.

Depressa me apaixonei
Por tão espectacular flor
A ela dou a minha vida
Meu amor todo o carinho.

Vou transporta-la
Para o meu coração
E assim vou tê-la
Sempre por perto.

Nunca vou querer
Me afastar desta flor
É o grande amor
Do meu coração.

Hoje encontrei uma forma diferente de registar este dia tão especial para nós, este poema.

@AMO-TE CÁTIA@

segunda-feira, março 08, 2004

Dia Internacional da Mulher





Apenas quero dar os parabéns a todas as mulheres espalhadas pelo Mundo e agradecer a vossa existência, neste dia tão especial para vocês.
Quero ainda agradecer existir uma pessoa tão linda e especial como Cátia.

@SÓ TE AMO@