sexta-feira, outubro 22, 2004

MUNDO IMAGINÁRIO

Céu de ondas coberto
Um mar sem fim, um deserto,
Flores a correr,
Árvores a nadar...
Neste mundo de encantar
Tudo pode acontecer!
Um beijo percorre a lua
Um sorriso o por do sol;
A verdade mostra-se... nua
E fica mudo o rouxinol...
Neste mundo do sonhar
Onde todos os sonhos se podem realizar!

David Serrano Sobral

domingo, outubro 17, 2004

MINHA AMADA

Minha amada
Como te adoro
Tu és a luz da minha vida
Só tu me conservas vivo

E eu pergunto
Como? Porquê?
Como é que tu me controlas assim?
Porquê é que eu sou afectado assim por ti?

A resposta é fácil
Em ambos os casos a resposta é:
Que eu te amo!!!

Frederico Espírito Santo

terça-feira, outubro 12, 2004

LUA BRANCA E RESPLANDECENTE

Lua branca e resplandecente,
Imponente durante a noite,
Como o brilho do Sol,
Que perante nós Homens paira,
Como és bela e tranquilizadora,
Levas-nos a sonhar e viajar,
Na busca de um novo ideal,
Que quebre a nossa rotina.

Provocas muitos sonhos e ilusões,
A estes teus servos ignorantes,
Mas não deixas de ser procurada,
Quando o Sol se despede ao fim do dia,
Como eu gostaria de ser como Tu,
Fugir assim por entre as nuvens,
Como se contorna-se os problemas,
E depois regressa-se novamente.

És fonte de pureza e fascínio,
Por vezes até de fenómenos,
Que nos movem e fascinam,
A nós pequenos seres à tua mercê.

Nuno Serrano

terça-feira, outubro 05, 2004

JÁ É NOITE SERRADA

Já é noite serrada
E eu aqui estou
A pensar em nada
E a pensar em tudo.

Não consigo aguentar
A tua longa ausência
Sinto a falta de algo
Dos teus beijos talvez
Ou dos teus carinhos
Enfim do teu amor.

Dentro de mim
Sinto um grande vazio
E uma grande solidão
Pois vejo muita gente
Mas não tu o meu amor
A pessoa mais importante
Da minha vida.

Talvez seja obsessão
Ou talvez apenas saudade
Mas eu tenho a certeza
Que tu e apenas tu
Podes tapar este vazio.

Como eu queria agora
Que aqui estivesses
Perto de mim nesta solidão
Nesta noite serrada.

Nuno Serrano